O Que São Triglicérides e Como Mantê-los Normais

O que são Triglicérides e como manter seus níveis normais

A importância do controle do Colesterol está bastante em voga na mídia, e já é de conhecimento da maioria das pessoas. Porém, um pouco menos falados que o Colesterol, mas tão perigosos quanto para a saúde, são os Triglicérides (ou Triglicerídeos). A Hipertrigliceridemia, ou seja, seus níveis elevados na corrente sanguínea, está associada a diversas doenças cardiovasculares. Mas o que são Triglicérides e como fazer para manter os seus níveis saudáveis? Veja a seguir!

O que são Triglicérides e porque fazem mal?

Triglicérides, ou Triglicerídeos, são moléculas de gordura compostas por ácidos graxos e glicerol. São a principal forma de armazenamento de energia do organismo, que os acumula na forma de tecido adiposo. São necessários ao organismo, pois atuam na regulação térmica, na composição de alguns hormônios, no transporte e absorção das vitaminas lipossolúveis (A, D, E e K), além de ser a segunda fonte mais rápida de energia (a primeira é a glicose). Porém, seus níveis elevados estão associados a formação de placas nas artérias, fazendo com que elas fiquem entupidas. Para cada aumento de 88,5 mg na dosagem de triglicérides no sangue, o risco de doenças coronarianas aumenta em 37% para mulheres e 14% para homens. Seus níveis elevados também estão associados à Pancreatite. Os riscos para a saúde aumentam quando estão associados a outros distúrbios, como taxas elevadas de colesterol, obesidade, histórico familiar e etc.

Há dois tipos de triglicerídeos:

  • Endógenos: são formados no fígado, através da metabolização de certos alimentos e bebidas ricos em açúcar e álcool;
  • Exógenos: são absorvidos através da alimentação.
Leia também: Você sabia que o HIIT é um método altamente eficaz para diminuição dos níveis de triglicérides? Saiba mais sobre o HIIT neste artigo: HIIT – O Que É e Como Fazer – O Guia Definitivo

Quais são seus níveis normais, e como fazer para mantê-los? O que fazer para diminuí-los?

Não há unanimidade sobre as quantidades normais de triglicérides na corrente sanguínea. Há quem considere valores até 250 mg aceitáveis, e há quem defenda que acima de 100 mg já pode ser considerado anormal. Mas o mais comum tem sido trabalhar de acordo com a tabela a seguir:

Tabela de referência para os Triglicérides Sanguíneos

O principal impacto para manutenção dos níveis considerados normais, ou para diminuição dos níveis classificados como altos, é a dieta. Isto porque sempre que ingerimos gordura os níveis de triglicérides sanguíneos aumentam. O grau deste aumento varia de acordo com os níveis basais, ou seja, os níveis que já se encontravam antes do consumo.

Por exemplo, se o nível basal está em 80 mg, e há o consumo de cheeseburger com batata frita e milk shake, poderá ocorrer um aumento de 15 a 20%, chegando ao patamar de 92 a 96 mg. Já esta mesma refeição consumida por uma pessoa com níveis basais de 300 mg fará com que essa taxa ultrapasse os 350 mg. É por isso que o exame de triglicérides sanguíneos precisa ser feito em jejum de 12 horas, para que o consumo de alimentos não interfira no resultado.

Evitar alimentos ricos em gordura saturada (frituras e gordura animal) diminui as taxas de triglicérides sanguíneos em 20% a 30%. É importante também diminuir a ingestão de açúcares e álcool. Veja abaixo as tabelas dos alimentos que devem ser evitados e os que podem auxiliar na manutenção ou diminuição dos níveis:

Triglicérides - Tabela de alimentos para evitar
Tabela retirada de http://vilamulher.terra.com.br/triglicerides-11-1-70-88.html

Outro fator de extrema importância é a prática de atividades físicas, ou seja, fugir do sedentarismo. A prática regular de atividades físicas colabora para a manutenção dos níveis normais, e no caso de níveis  estarem elevados, esta prática os diminui em 20 a 30%. Portanto, mexa-se!

Leia também: Você sabia que o HIIT é um método altamente eficaz para diminuição dos níveis de triglicérides? Saiba mais sobre o HIIT neste artigo: HIIT – O Que É e Como Fazer – O Guia Definitivo

É isso. Abraço e bons treinos! Deixe seu comentário!

Referências:

Compartilhe esse post:
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no email
Email