Colesterol – Qual a diferença entre HDL e LDL?

Colesterol - Qual a diferença entre HDL e LDL?
Como eu venho ressaltando em vários posts aqui do blog, as pessoas tem cada vez mais acesso a informações nas mais diversas fontes, como TV, jornais, revistas, internet e etc. Em meio a essa enxurrada de informações, estão aquelas sobre o colesterol. É do conhecimento de todos que ele precisa ser controlado, sob pena de problemas cardiovasculares sérios. Diversos meios de comunicação já abordaram o tema. Mas o que percebo entre os alunos é que pouca gente sabe exatamente o que é colesterol, principalmente o que são HDL e LDL. O objetivo deste post é justamente esclarecer este tema, explicando o que é colesterol, como mantê-lo em níveis saudáveis, como diminuí-lo caso esteja alto e quais as relações da atividade física com tudo isto.
 
 

O que é Colesterol?

 
O colesterol é um esteróide sintetizado pelos animais. Todo mundo imagina que colesterol faz mal, mas pouca gente sabe que na verdade ele é essencial ao nosso organismo! O que é ruim é o seu excesso. Isto porque ele é um componente essencial das membranas celulares, presente em todos os tecidos, como cérebro, fígado, músculos, pele, intestinos e coração. Os danos à saúde, provenientes do seu excesso na circulação, ocorrem na forma de aterosclerose, que é o entupimento das artérias. Aí que entra a questão do LDL e HDL, explicados a seguir:
 

Qual a diferença entre o HDL e o LDL?

 
 
O que muita gente pode estar se perguntando é: “Se ele é essencial ao organismo, e produzido por ele próprio, porque o seu excesso faz tão mal?”. A grande questão é que o colesterol não é solúvel em água, ou seja, não se mistura com água. Dessa forma, o seu transporte pela corrente sanguínea não é viável, visto que o sangue é baseado em água. Portanto, para ser transportado pelo organismo, ele precisa se unir a lipoproteínas hidrossolúveis. Há vários tipos de lipoproteínas, que são classificadas de acordo com sua densidade. As HDL (High Density Lipoproteins) são lipoproteínas de alta densidade e as LDL (Low Density Lipoproteins) são as de baixa densidade. Na verdade não existe colesterol bom ou ruim, mas dependendo da densidade das proteínas com as quais ele se ligue, haverão benefícios ou malefícios. No caso das LDLs, há um malefício para a saúde porque elas são responsáveis pelo transporte do colesterol do fígado (onde é sintetizado) para as células, e acabam por se depositar nas paredes das artérias causando o seu entupimento. Por isso ficaram conhecidas como “colesterol ruim“. Já as HDLs, conhecidas como “colesterol bom“, fazem o processo inverso: transportam o colesterol da corrente sanguínea para o fígado, onde pode ser eliminado na forma de bile e fezes.
 

Hipercolesterolemia – Causas e Diagnóstico

 
A principal causa da Hipercolesterolemia (colesterol alto) é a alimentação. A produção de colesterol pelo nosso organismo é controlada por ele mesmo, portanto, desde que não haja alguma doença metabólica, ele só ficará alto com a ingesta por meio da dieta. Outros fatores como idade, sexo e hereditariedade também são importantes.
 
O diagnóstico da Hipercolesterolemia é feito por meio de exame de sangue, e os valores de referência são os seguintes:
 
Tabela de valores de referência para o Colesterol
 
Qualquer pessoa com mais de 20 anos ou com antecedentes familiares deve acompanhar seus níveis de colesterol. Na maioria dos casos de hipercolesterolemia, o controle é feito por dieta. Nos casos mais severos, é necessário a utilização de medicamentos.
 

Principais fontes de Colesterol

 
As fontes de colesterol na dieta são alimentos de origem animal, visto que não existe colesterol em nenhum produto de origem vegetal. Eis uma tabela com as principais fontes de colesterol na alimentação:
 
 
Quantidades de Colesterol nos Alimentos
 

Colesterol X Atividade Física

 
 
Há vários estudos que relacionam a prática de atividades físicas com a manutenção dos níveis normais de colesterol no sangue. Para quem já está com o colesterol alto, há alguns estudos que demonstraram diminuição nos níveis de colesterol total e aumento dos níveis de HDL. Isto ocorre da seguinte maneira: Há duas enzimas responsáveis por controlar os níveis de colesterol no nosso organismo, a hepatolipase (HL) e a lecitina colesterolacil transferase (LCAT). A hepatolipase (HL) destrói o colesterol-HDL e transforma uma parte dele em colesterol-LDL. Portanto, quanto maior o nível desta enzima, maiores são os riscos para a saúde. Já a lecitina colesterolacil transferase (LCAT) é responsável por capturar o colesterol, retirando-o das paredes arteriais. A prática de exercícios físicos altera a produção destas enzimas, diminuindo a quantidade da HL e aumentando a quantidade da LCAT.
 
São necessários ao menos 13 a 16 Km de corrida ou caminha acelerada por semana para se obter resultados. Além de paciência, visto que os resultados só costumam aparecer entre 12 semanas a 6 meses. Portanto, o importante é que a prática desta atividade física esteja inserida num contexto de mudança de hábitos de vida.
 

Leia também:

 
É isso. Deixe seu comentário! Abraço e bons treinos!
 
 
Gostou? Compartilhe este post:

1 Comment

Trackbacks/Pingbacks

  1. O Treinamento Intervalado e suas Vantagens | Eduardo Araújo - Personal Trainer | Florianópolis e São José/SC - […] ao contínuo. Vários estudos mostraram resultados significativos na redução do peso corporal, melhoria do perfil lipídico, aceleração do metabolismo…
  2. 10 dicas para emagrecer com saúde! | Eduardo Araújo - Personal Trainer - Florianópolis/SC - […] nas gordurinhas, isso quando não aproveita aumentando nossas taxas sanguíneas de glicose, colesterol, triglicérides e etc. A dica é…
  3. O Índice Glicêmico dos Alimentos | Eduardo Araújo - Personal Trainer - Florianópolis/SC - […] eles são armazenados na forma de triglicérides, que são tão danosos ao organismo quanto o colesterol.   * Câncer:…
  4. Os Efeitos dos Anabolizantes | Eduardo Araújo - Personal Trainer - Florianópolis/SC - […] Aumento do colesterol LDL e diminuição do HDL; […]
  5. Sedentarismo, O Mal do Século! | Eduardo Araújo - Personal Trainer - Florianópolis/SC - […] Aumento das taxas de colesterol; […]
  6. O Que São Triglicérides e Como Mantê-los Normais | Eduardo Araújo - Personal Trainer - Florianópolis/SC - […] para a saúde aumentam quando estão associados a outros distúrbios, como taxas elevadas de colesterol, obesidade, histórico familiar e […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *