Você já viu nas academias pessoas fazendo o agachamento (ou mesmo o Leg Press) com os pés em posições diferentes?

Ou mesmo o seu professor já te passou um treino com essas variações?

Pois é! Este é um recurso muito utilizado nas academias, sob a alegação de que variar as posições dos pés aumentaria a ação de determinados músculos. É o famoso “vai pegar tal músculo”.

Mas será que isto é verdade? Continue lendo este artigo que eu vou explicar esta questão.

A origem desta afirmação

A musculação é uma área muito cercada de paradigmas que são difíceis de serem quebrados.

Um dos principais motivos para isto é que a maioria dos conhecimentos a respeito dela foi produzido de forma empírica, ou seja, experimentalmente. Os fisiculturistas de antigamente iam experimentando neles mesmos e atestando ou não determinadas práticas como eficazes. Havia pouco ou nenhum estudo científico para nortear.

Os anos foram se passando e vários estudos foram sendo produzidos e publicados, com boa parte confirmando e corroborando com aquilo que os fisiculturistas já diziam, e outros mostrando que aquilo não era verdade.

E aqui é importante salientar que a realidade de um fisiculturista é totalmente diferente da realidade de uma pessoa comum, então aquilo que pode funcionar com eles, na maioria das vezes não vai funcionar bem com o resto da população. E um dos principais motivos para isto é o uso de esteroides. Mas falo sobre isto numa próxima oportunidade.

Posição dos pés no agachamento

Um destes paradigmas é o tema deste post. Existe uma crença muito forte de que mudar a posição dos pés no agachamento vai alterar o resultado ou o músculo alvo.

Supostamente, fazer com os pés próximos um do outro aumentaria a ação do vasto lateral, que é a porção externa da coxa; já fazer com os pés na abertura normal equilibraria a ação de todos os músculos e fazer com os pés mais afastados aumentaria a ação do glúteo e do vasto medial, que é a parte interna do quadríceps. Você pode ver na figura o esquema disto.

Faz diferença?

Mas será que tudo isto é verdade? Mudar a posição dos pés vai realmente fazer com que determinadas porções do quadríceps atuem mais ou menos?

A verdade é que não. Mudar a posição dos pés não vai fazer diferença significativa na ação muscular.

Há um estudo clássico, de 1999 (sim, tudo isso!) que já mostrava isto. McCaw e Melrose avaliaram em homens treinados a atividade eletromiográfica de 6 músculos da coxa e do quadril em 3 variações dos afastamentos dos pés: pés próximos; na largura dos ombros e pés afastados. E os resultados não apontaram diferença na ativação do vasto medial, vasto lateral, reto femoral, adutor longo, glúteo máximo ou bíceps femoral (posterior de coxa).

Pelo contrário, esta prática pode diminuir a segurança ou a eficácia do exercício. Isto porque no caso da variação com os pés juntos você terá menos equilíbrio, e consequentemente menor capacidade de aplicar intensidade. E na variação com os pés afastados você terá menos amplitude.

E se você acompanha minhas postagens, já sabe que intensidade e amplitude são fundamentais para se ter resultados de verdade na musculação. Você pode ler mais sobre isto no post do link abaixo:

No final das contas, o Agachamento realizado com os pés afastados na posição natural é a melhor alternativa mesmo.

Mas isto quer dizer que fazer algumas variações é inútil? Claro que não. Variar os exercícios com o objetivo de quebrar a monotonia, por exemplo, é totalmente válido. O que não é válido é fazer isto sob a crença de que isto mudaria os resultados de alguma forma.

Falando em variação, você pode ler sobre um tipo de variação que realmente produz resultados no link abaixo:

E você, já tinha ouvido falar destas variações? Já tinha feito elas alguma vez?

Deixe seu comentário falando sobre isso!

Compartilhe este artigo nas suas redes sociais para ajudar outras pessoas a entenderem isto.

Abraço e bons treinos!

Comentários

Eduardo Araújo - Personal Trainer
Eduardo Araújo - Personal Trainer

Personal Trainer especialista em emagrecimento e hipertrofia, que atende presencialmente em Florianópolis; e através de Consultoria Online em todo o Brasil.

    2 Comentários em "Agachamento: A posição dos pés faz diferença no resultado?"

Deixe seu Comentário

Your email address will not be published.