4 Dicas Para Emagrecer Mais Rápido

Se você está tentando ou já tentou diversas vezes emagrecer sem sucesso, fazendo os mais variados tipos de treino, este artigo é pra você.

Ao longo dos meus mais de 11 anos de carreira como Personal Trainer já vi e testei de tudo quando o assunto é emagrecimento, até que esta se tornou a minha especialidade.

Neste artigo eu vou te dar 4 dicas de como você otimizar o seus treinos para potencializar a queima de gordura, tornando assim o processo de emagrecimento muito mais eficiente e sustentável.

Assim você consegue emagrecer mais rápido e evitar o reganho de peso depois.

Leia e comece a colocar as dicas em prática JÁ!

DICA #1: A INTENSIDADE DOS TREINOS

Existem duas coisas principais que são controladas nos treinamentos: o VOLUME e a INTENSIDADE.

VOLUME é a quantidade geral de tudo o que você faz. É o total de exercícios, a duração dos treinos, a frequência semanal, etc.

Na musculação, por exemplo, é quantos exercícios você faz, quantas séries por exercício e quantas vezes por semana você treina.

Na corrida, o volume é quantos KM você corre, e quantas vezes por semana.

E por aí vai.

Já a INTENSIDADE é a dificuldade com que você realiza o seu treino, ou seja, a QUALIDADE dele.

Intensidade e volume são variáveis inversamente proporcionais, ou seja, se você aumenta uma, tem que
diminuir a outra.

Saber manipular corretamente estas variáveis é a principal chave para se ter resultados efetivos.

Intensidade é mais importante que Volume

Sabe aquela máxima que diz que, às vezes, MENOS é MAIS? Pois ela se encaixa sob medida no contexto dos exercícios físicos.

Isto porque treinos curtos e intensos funcionam muito melhor do que treinos longos com pouca intensidade. Ou seja, caprichando na intensidade você pode treinar MENOS e ter MAIS resultados!

Para você ter uma ideia disto, vou citar um estudo da USP, no qual os pesquisadores separaram um grupo de mulheres de meia idade, com sobrepeso e obesidade, em dois subgrupos: o primeiro subgrupo fazia 1 hora de bicicleta, 5 vezes por semana, numa intensidade de baixa a média para elas.

Já o segundo grupo fazia apenas 30 minutos, 3 vezes por semana, só que numa intensidade alta.

Resultado: o grupo que treinou apenas 3 vezes por semana emagreceu 60% mais!

Portanto, treine intenso para ter resultados!

Para saber mais como controlar a intensidade do seu treino de musculação, leia este artigo: 5 Fatores Pouco Conhecidos que Podem Afetar os Resultados do Seu Treino

DICA #2: NÃO FAÇA EXERCÍCIOS AERÓBICOS

Essa eu vejo muita gente cair da cadeira quando ouve. Sim, por mais que essa história de que para emagrecer é necessário fazer exercícios aeróbios seja amplamente difundida, isto não é verdade!

Os exercícios aeróbios são pouco eficientes para promover um emagrecimento rápido e sustentável.

Essa crença de que os exercícios aeróbios são a melhor alternativa para o emagrecimento vem de muito tempo atrás, quando os estudos sobre o tema ainda estavam engatinhando.

Ela se baseia basicamente na premissa de que, durante os exercícios, o nosso corpo retira a energia de duas fontes principais: os estoques de gordura e dos carboidratos (glicose).

E os exercícios aeróbicos utilizam predominantemente as gorduras como fonte de energia. Então, o raciocínio lógico era: Se consome gordura, é bom para emagrecer!

Mas aí é que está o X da questão!

O que importa é o depois!

Pensa comigo: mesmo que você treine todos os dias, por 1 hora, o seu dia tem 24 horas. Serão 23 horas contra apenas 1. Ou seja, você passa muito mais tempo sem treinar do que treinando.

Portanto, o que acontece durante a atividade não importa. O que importa, de verdade, é o impacto que aquele exercício vai causar no seu metabolismo, de forma que ele fique acelerado por várias horas.

E os exercícios aeróbios tem um impacto muito baixo no metabolismo após o término da atividade, de forma que ele volta ao normal poucos minutos após o fim do exercício.

E se você não conseguir causar este impacto no seu metabolismo, você não irá emagrecer!

Há outras atividades muito mais eficientes em provocar um impacto significativo no metabolismo, conforme você vai ver nas próximas dicas.

DICA #3: FAÇA HIIT

Ao contrário dos exercícios aeróbicos, o HIIT não consome significativamente gordura durante a atividade. Mas é justamente isto que torna ele um dos métodos mais eficientes para a queima de gordura!

Não entendeu? Calma.

O HIIT é extremamente eficiente para a queima de gordura porque ela ocorrerá APÓS o término da atividade, e permanecerá alta por várias horas!

Mas você sabe o que é HIIT?

HIIT é a sigla em inglês para High Intensity Interval Training, que em português quer dizer Treinamento Intervalado de Alta Intensidade.

A característica principal deste tipo de atividade é que você alterna momentos de altíssima intensidade, com momentos de recuperação (descanso) em intensidade mais baixa (ou parado). Esta alternância faz com que seja possível atingir níveis mais altos de intensidade, e isto é crucial para que se emagreça, conforme explicado na primeira dica deste artigo.

No HIIT, 15 minutos funcionam melhor do que 1 hora de aeróbico tradicional

O segredo do HIIT é que este aumento da intensidade que ele proporciona faz com que, durante a atividade, o corpo gaste carboidratos, que ficam estocados na forma de glicose e glicogênio.

Ao encerrar a atividade, o corpo vai precisar repor estes estoques, e, para isto, ele vai utilizar os estoques de gordura.

Este processo ocorre por várias horas após o fim da atividade, o que proporciona um metabolismo muito mais acelerado mesmo quando você não está mais fazendo exercícios.

Isto é que faz o HIIT ser o queridinho do momento, pois com ele você pode ter melhores resultados do que teria fazendo aeróbicos 1 hora por dia todos os dias, só que com apenas 15 a 30 minutos 2 a 3 vezes por semana.

O HIIT pode ser executado na esteira, bicicleta, elíptico, corda naval, simulador de remo ou até mesmo com movimentos utilizando apenas o peso corporal.

Há diversos protocolos possíveis de serem feitos, para os mais variados perfis de praticante e nível de condicionamento e experiência.

Você pode saber mais sobre HIIT neste artigo: HIIT – O Que É e Como Fazer – O Guia Definitivo

DICA #4: FAÇA MUSCULAÇÃO

Ainda há muita gente que acredita que a musculação serve apenas para quem quer ganhar músculos e ficar forte.

Mas isto não é verdade!

A musculação tem diversos outros benefícios, e, assim como o HIIT, é excelente para promover perda de gordura.

Eu fico perplexo quando vou às academias e observo professores deixando os alunos que querem emagrecer por horas fazendo aeróbicos, ao invés de prescrever uma série de musculação que proporcionará resultados muito mais efetivos em bem menos tempo. Com a vantagem extra de tonificar os músculos e melhorar a estética corporal nos pontos que o praticante deseja!

Mas como a musculação pode ser eficiente para o emagrecimento?

A musculação emagrece de duas formas

São dois os caminhos principais pelos quais a musculação ajuda na queima de gordura:

O primeiro, mais conhecido pela maioria, é que quanto mais músculos você tem no corpo, mais acelerado é o seu metabolismo.

Isto ocorre porque o custo energético para manter vivas as células musculares é muito alto, quando comparado a outros tecidos.

E o segundo motivo é ainda mais importante que o primeiro: o processo de construção de músculos, a famosa hipertrofia, demanda MUITA energia, já que o seu corpo precisará fazer síntese de proteínas, e isto tem um custo metabólico altíssimo.

Para se ter uma ideia de como produzir proteína gasta energia, uma mulher amamentando gasta de 500 a 600 kcal por dia só para produzir o leite!

O mesmo processo ocorre com a construção de músculos, o que fará que, assim como no HIIT, o seu metabolismo fique acelerado por várias horas após o término da sessão!

Você pode saber mais sobre como a musculação emagrece neste artigo: Musculação Emagrece?

 

Agora, mãos à massa!

Tenho certeza que colocando em prática essas 4 dicas testadas e comprovadas você conseguirá emagrecer de uma forma muito mais eficiente.

Então, não perca tempo e coloque-as em prática já!

Compartilhe este artigo nas suas redes sociais para que mais gente tenha acesso a essas dicas.

Bons treinos e sucesso!

Autor: Eduardo Araújo - Personal Trainer

Personal Trainer especialista em emagrecimento e hipertrofia, que atende presencialmente em Florianópolis e São José; e através de Consultoria On Line em todo o Brasil.

Gostou? Compartilhe este post:

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *